segunda-feira, 20 de setembro de 2010

O que é exatamente um doutorado?

Esse eu tô reproduzindo aqui só pra não ter o risco de esquecer. Ai meus últimos cabelos! Onde eu vou me meter (de novo)?
A explicação (inteligentíssima e cheia de humor) é Matt Might, professor de Ciência de Computação na Universidade de Utah. Mas a minha fonte original é o blog Gizmodo Brasil.

O que será que significa um doutorado?
Se o círculo abaixo representa todo o conhecimento humano...





















...quando saímos da escola, sabemos um pouquinho do básico.






















Quando saímos do colegial então, aprendemos um pouquinho a mais (ou não, se você só jogou truco, seu safado):



















Dai fazemos uma faculdade. Com um pouco de esforço (ou sorte. Truco!) nos especializamos um pouco em uma área:



















Se você for como eu, maluco, e fizer um mestrado, dai você evolui para uma representação erótica como a abaixo, que indica que você se aprofundou (ui!) ainda mais naquela sua especialização.



















Dai você precisa continuar a ler, estudar as teses dos outros, falar com os professores e com o orientador, ralar pacas, e, em tese (pois ainda duvido que dê pra chegar assim tão facilmente no fim do mundo), você alcança o limite do conhecimento humano naquela área. Foda né?



















Dai, chegando lá, você se foca...



















... se esforça mais e mais...



















...e um dia ultrapassa o limite ("as barreiras cedem"). Muito foda né?



















Você agora é doutor! Chique no úrtimo!



















É tão massa, que você pode começar a se achar, afinal estudou pra cacete, agora merece uma ovação!



















Mas não se esqueça, você não é um Leonardo da Vinci. Estuda menino!



















Vamos lá, ver no que dá. Vou começar as leituras, estudos e conversas de que fala o quadrinho 6. Tá longe, mas eu chego. :)

Nenhum comentário:

Postar um comentário