quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Quem é o melhor pianista: Tom, Pernalonga ou Pica-Pau? (ou ainda, Mickey Mouse?)

Certa vez, em meados da década de 50, o gato Tom, o coelho Pernalonga e o pica-pau Pica-pau (só notou a redundância agora, é?) aceitaram um desafio: decidir de uma vez por todas quem era o melhor pianista. Para isso, escolheram para sua apresentação a Rapsódia Húngara nº 2, de Franz Liszt (curiosamente, Liszt foi influenciado pela música que ouvia em sua infância... hehe), uma peça musical realmente bastante difícil.

O primeiro a tocar foi o senhor Pernalonga (Raphsody Rabbit, 1946), seguido do senhor Tom (The Cat Concerto, 1946) e por último o senhor Pica-Paul (Convict Concerto, 1954).


Pernalonga teve uma atuação brilhante, e tem o mérito de ter sido o primeiro a se apresentar. Ganha muitíssimos pontos pelo Boogie improvisado com o ratinho próximo do final. Mas, perde pontos por não ter dado o devido crédito ao ratinho anônimo que tocou muito também.



A apresentação de Tom foi mais engraçada que de seu antecessor, principalmente pela enorme variedade de sofrimentos infringidos por Tom e Jerry um ao outro. Parece-me que Tom não teve "medo de errar", e por isso fez uma apresentação esgotante (vide o estado em que ele termina), mas inovadora. Bom, pra quem é fã e acompanha sua carreira, há de se lembrar também que ele é um ótimo dançarino (vide apresentações com seu parceiro, o urso bailarino - hahahaha Procura no Youtube!).


Por fim, se apresentou aquele que - em minha opinião - foi o melhor de todos. Pica-pau fez uma apresentação brilhante, tocou não apenas piano, como também xilofone e revólveres (!), e foi capaz de manter um ritmo cativante mesmo ao tocar em condições inóspitas, como no alto de um trem ou rodopiando em uma montanha. Foi, de longe, o mais engraçado (em grande parte pela dublagem, eu admito. hahahaha), e é até hoje o meu favorito.


Assim, eis a minha classificação final:
1º lugar: Pica-Pau
2º lugar: Tom (e Jerry)
3º lugar: Pernalonga (e ratinho anônimo)

Ah, que saudades dos desenhos da minha infância...

Curiosidade: Parece que rolou até umas acusações de plágio entre a Warner Bros e a MGM em 1946 pela semelhança entre os desenhos (note o dedinho do Tom se esticando pra tocar uma nota bem aguda, e a orelha do Pernalonga fazendo o mesmo em um certo momento de ambos os desenhos...). 

:wq
Luiz

edit: O colega Roberto Bianchini me bem lembrou que há um outro pianista concorrente de peso, que de fato foi o primeiro a tocar a Rapsódia Húngara nº 2: o senhor Mickey Mouse (em The Opry House, 1929). O desenho era ainda em preto-e-branco, mas foi muito bem feito e era muito legal! Confira abaixo:


Curiosidade 2: Aparentemente esse desenho do Mickey Mouse (o 5º lançado) foi o primeiro em que ele foi desenhado com luvas brancas (para facilitar enxergá-las).

Um comentário:

  1. Nossa que legal! Assistindo novamente desenhos antigos notei que existem vários episódios semelhantes entre eles.

    ResponderExcluir