quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

Honra, Bravura, Amor e Demais Interseções

Que saudade dos caveleiros medievais dos livros da minha infância. Lutavam por um ideal tão belo e inalcancável como as mulheres imaginadas pelos trovadores. Esse ideal era compartilhado por muitos, e com ele se construiam belíssimos castelos, jardins e ilhas misteriosas encobertas por neblina. Até piratas o tinham, mesmo constantemente envolvidos em suas ébrias falcatruas. Frágil, ainda assim era um sentimento latente e facilmente transmissível, tal como vírus de gripe. Protegia os frágeis e oprimidos, salvava donzelas em perigo e garantia que a cerveja do final do dia fosse sadia e gelada.

A música é uma das formas de arte que mais me fazem lembrar desses tempos que, talvez, nunca existiram realmente. Assim como esse ideal desconhecido, ela é enraizada num âmago individual que as vezes surge oportunamente para dizer que ainda existe apesar das obrigações e esquecimentos diários. E tal qual esse ideal, a música as vezes também é triste. Mas a tristeza é parte da vida, e nos faz lembrar de outros que compartilhavam tanto desse ideal a ponto de muito provavelmente terem sido fontes importantes para a nossa própria infecção.

Aqui vai, então, uma dessas. Espero que infecte alguém.

:wq
Luiz




Olde Village Lanterne
(Velha Lanterna da Vila)
Blackmore's Night


Don't shed a tear for me
(Não derrame uma lágrima por mim)
I stand alone
(Eu estou sozinho)
This path of destiny
(Este caminho do destino)
Is all my own
(É todo meu)
Once in the hands of fate
(Uma vez nas mãos do destino)
There is no choice
(Não há escolha)
An echo on the wind
(Um eco no vento)
You'll hear my voice...
(Você ouvirá minha voz...)

Some choose to fall behind
(Alguns escolhem cair pelo caminho)
Some choose to lead
(Alguns escolhem liderar)
Some choose a golden path
(Alguns escolhem um caminho dourado)
Laden with greed
(Pavimentado com ganância)
But it’s the noble heart
(Mas é o coração nobre)
That makes you strong
(Que faz você ser forte)
And in that heart, I'm with you all along...
(E nesse coração, eu estarei sempre com você...)

The olde village lanterne
(A velha lanterna da vila)
Is calling me onward
(Está me chamando a prosseguir)
Leading wherever I roam
(Liderando por onde quer que eu ande)
The olde village lanterne
(A antiga lanterna da vila)
A light in the dark
(Uma luz na escuridão)
Bringing me closer to home...
(Trazendo-me mais perto de casa...)

So when you think of me
(Assim quando você pensar em mim)
Do so with pride
(Faça-o com orgulho)
Honor and bravery
(Honra e bravura)
Ruled by my side
(Governada ao meu lado)
And in your memory
(E em sua memória)
I will remain
(Eu permanecerei)
I will forever be within the flame...
(Eu sempre estarei dentro da chama...)

Now at the journey's end
(Agora ao fim da jornada)
We've traveled far
(Nós viajamos longe)
And all we have to show
(E tudos que temos para mostrar)
Are battle scars
(São cicatrizes de batalha)
But in the love we shared
(Mas no amor que nós compartilhamos)
We will transcend
(Nós transcenderemos)
And in that love, our journey never ends...
(E nesse amor, nossa jornada jamais terminará...)


Don't shed a tear for me
(Não derrame uma lágrima por mim)
I stand alone
(Eu estou sozinho)
This path of destiny
(Este caminho do destino)
Is all my own
(É todo meu)
Once in the hands of fate
(Uma vez nas mãos do destino)
There is no choice
(Não há escolha)
An echo on the wind
(Um eco no vento)
You'll hear my voice...
(Você ouvirá minha voz...)

You'll hear my voice...
(Você ouvirá minha voz...)

You'll hear my voice...
(Você ouvirá minha voz...)

You'll hear my voice...
(Você ouvirá minha voz...)




Nenhum comentário:

Postar um comentário